sexta-feira, 10 de outubro de 2008

SIGILO

.


Seixos postos
Lado a lado na rua
Guardam os
Passos do passado.

Sabem da vida de todos
Mas se mantêm calados.


jjLeandro
.
.

Um comentário:

CeciLia disse...

Entre o sigilo e o sîlêncio, o mistério da Palavra feito delicadeza de pedra rolada.

Abraço, poeta