segunda-feira, 21 de abril de 2008

ALGUNS POEMAS

Círculo Vicioso

Quando ao pó
Eu voltar,
Terei chance
De me refazer
Para te agradar?

Ou serei como dizem:
Fôrma para outro ser,
Que sem ser diferente
Trará o vício do pó
Que me fez,
E repetirá com outra mulher
Tudo outra vez.

...


Desavenças


A lua cheia
Enche o céu.
Por puro despeito
A meia-noite
Esvazia as ruas.

Só o dia
Dá um jeito
Nas desavenças
Das duas.

......

Desejo

O céu é tão
Belo em tua boca
Que dá vontade
de chover beijos.

.........

Pontaria

Quando teus olhos
Miram em mim
Acertam
sempre na mosca

......


Ruim de lição

Se choro
É porque
Decorei
Bem
A saudade.

.....


Tortura

Suporto
Mais um
Ônibus lotado
Que meu
coração apertado.


jjLeandro

2 comentários:

Rafaela Silva Santos disse...

O que posso dizer?Cada poema tem sua particularidade.O que mais me chamou a atenção foi o primeiro, esse desejo de torna-se pó e se moldar é de uma sensibilidade sem igual.Lindas palavras.é Leandro segui o seu conselho e me cadastrei no Overmundo lá é bem legal até já coloquei um poema na fila.Beijuuuss

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Muito bom!

*CC*