segunda-feira, 26 de março de 2007

NÃO AO AQUECIMENTO GLOBAL




O DESEJO DA TERRA

A terra
não tem vocação pra Lua.
Não quer girar
fria fria
e completamente nua.
Também não quer ser chama
como o Sol que gira atônito e incandescente.
Deseja ser eterno presente:
bela e cálida
como sedução de mulher,
amando e abrigando a todos nós,
isso é o que ela quer.

jjLeandro

Também estou no overmundo: http://www.overmundo.com.br/perfis/jjleandro

3 comentários:

un dress disse...

a terra é castanha.

seduz a semente

e chove sobre ela mais tarde

transborda


e.nOr.Me


os frutoS...


(desta vez...deixo-te maçãs :)

Rafaela Silva Santos disse...

Boa alusão sobre a terra, tema abordado de forma diferente...texto fascinante vou pensar mais sobre isso.Beijuuss

ETC disse...

Espetacular, mestre Leandro!

Agradeço a generosidade de ter deixado o poema lá no interludios!

Grande abraço!